Após transbordar, Rio Tarauacá segue acima da cota de alerta no Acre

34

Rio Tarauacá marcou 8,70 metros às 18h deste sábado (9), no interior do Acre. Nenhuma família saiu de casa, mas cerca de mil residências foram atingidas pelas águas.

O Rio Tarauacá, na cidade de mesmo nome, continua acima da cota de alerta neste sábado (9), no interior do Acre. O manancial registrou 8,70 metros, 20 centímetros acima da cota de alerta, que é 8,50 metros.

Na sexta-feira (8), manancial marcou 9,50 metros e estava na cota de transbordo. Mais de mil casas foram atingidas pelas águas do Rio Tarauacá, de acordo com a coordenador da Defesa Civil do município, Jyensveferpher Jardim.

Durante a medição do meio-dia deste sábado, o rio estava nos 9 metros. Segundo o Corpo de Bombeiros, nenhuma família saiu de casa até o momento por causa da cheia.

“O Rio Tarauacá tem uma situação muito atípica, porque aumenta muito rápido e esvazia rápido. Agora está em vazante, mas chegou a ultrapassar a cota de alerta. Desceu em uma velocidade muito grande, tem as características de igarapé e não de rio”, explicou o major Cláudio Falcão.

Ainda segundo os bombeiros, as águas já chegaram até o bairro da Praia, mas, mesmo com as águas muito próximas, não houve a necessidade de remoção. “Sempre que tem o mínimo de aumento lá, o bairro da Praia sempre é atingido”, falou.

Interior e capital

O major falou também que o Rio Acre apresentou vazante neste sábado, desde o interior até a capital acreana. O manancial marcou 15 metros em Rio Branco às 12h. As águas baixaram para 14,95 metros no início da noite.

“A bacia do Rio Acre, desde Assis Brasil até Rio Branco, está em vazante. O Rio Acre, em Rio Branco, não estava, mas estabilizou quando atingiu os 15 metros nas últimas seis horas. O Riozinho do Rola também estabilizou. Não está vazando, mas também não está enchendo”, contou.

Ainda sobre Rio Branco, Falcão explicou que há 20 famílias desalojadas, um total de 64 pessoas. Não há nenhuma família instalada no Parque de Exposição Wildy Viana, onde foram construídos os abrigos.

Em Assis Brasil, o rio desceu de um centímetro e ficou nos 3,81 metros na medição das 18h. Brasileia baixou cinco centímetros, saindo de 4,70 metros para 4,65 metros. Na cidade de Xapuri, o rio baixou de 8,34 metros para 8,26 metros.

“Agora, nos próximos dias, vamos ter um decréscimo no rio em Rio Branco, mas isso vai ser momentâneo. Na semana o nível dos rios o se elevar novamente. Temos muita chuva para o final do mês e março”, concluiu.

Comentários