Helicóptero da PM que caiu na Baía de Guanabara tem marca de tiros

74

Marca de tiros, segundo mostrou o RJ1, da TV Globo. A aeronave caiu e deixou dois feridos e uma vítima mortal.

Imagens divulgadas pelo RJ1 mostram as possíveis perfurações na aeronave que caiu no Canal do Cunha, são pelo menos cinco furos. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, as marcas são de balas.

No entanto, a reportagem destaca que não há garantia de que os tiros foram dados no dia em que a aeronave caiu. A perícia deve determinar a causa da queda.

O helicóptero Fênix 8 tinha 21 anos de uso. O registro na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aponta que a revisão anual obrigatória venceria no dia 31 e não tinha caixa preta.

A aeronave reforçava o patrulhamento na Linha Vermelha quando teve que fazer um pouso forçado na água. O acidente causou a morte de Felipe Marques de Queirós, 37 anos. Ele ficou 15 minutos submerso, chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. 

Comentários