Tour panorâmico pelas estações de esqui de Santiago: Um dia para conhecer a neve!

162

As estações de esqui de Santiago são lindas e, sem dúvida, devem estar no topo da sua lista de “passeios imperdíveis” pela capital chilena. Mesmo que você não pretenda fazer aulas de esqui, compensa subir a montanha só pra ver aquelas paisagens maravilhosas e ter (talvez o primeiro) contato com a neve. É lindo e inesquecível… a gente parece criança!

Nós, por exemplo, achamos melhor deixar o esqui pra outro dia porque era bem caro e tomaria um dia inteiro em apenas um lugar, enquanto a gente queria conhecer mais de uma estação, já que nosso roteiro estava apertado. Optamos então por fazer um tour panorâmico com o pessoal da agência Lucero Travel e curtimos muito! Só pra você entender, este tour passa em duas (se der tempo, até três) estações diferentes para o pessoal conhecer. Ele é ideal para ter este primeiro contato com a neve, curtir a paisagem e se divertir um pouquinho – porque já inclui uma parada para fazer esqui bunda!

Neste post eu vou contar como foi a nossa experiência, mostrar o roteiro que fizemos e explicar como as estações de esqui de Santiago funcionam. Mas já adianto que, por mais que possa parecer, não achamos o passeio corrido nem tem o formato naquele esquema turistão que a gente sempre critica. Pelo contrário… foi um dia super bacana, bonito, divertido e suficiente para o que a gente estava procurando.

Como é o tour panorâmico para as estações de esqui de Santiago?

Vamos começar com um resumo do roteiro e depois eu conto melhor os detalhes: nós saímos cedinho de Santiago (às 8h), paramos numa loja para alugar as roupas próprias para neve e logo seguimos para a primeira parada do passeio, o Vale Nevado. Ficamos lá por cerca de 2h e depois descemos rumo à próxima estação, mas no caminho paramos para fazer o esqui bunda (que é sensacional!). Depois de brincar na neve, o tour seguiu para Farellones e ficou lá por mais 3h. Como nosso grupo fez tudo dentro do horário previsto e não atrasou, nosso motorista conseguiu subir ainda até El Colorado, uma outra estação de esqui menos visitada pelos turistas e muito linda. Saímos de lá por volta das 16h30 e chegamos em no nosso AirBnB em Santiago às 18h, já que pegamos um pouco de trânsito e passamos na loja para devolver as roupas e nos hotéis para deixar as pessoas.

Valle Nevado

estações de esqui de Santiago estações de esqui de Santiago

A maior e mais alta estação de esqui da região é a primeira a ser visitada. A viagem de Santiago até lá durou cerca de uma hora e meia, mas pode demorar mais dependendo da condição da estrada. Quando nós fomos não tinha muita neve, então nem precisamos colocar corrente no pneu. Mas se isso acontecer quando você for, fique tranquilo que é normal.

Chegamos lá e logo pegamos um outro transporte num carrinho próprio (já incluso no preço) para subir até o nível da entrada da estação e das recepções dos hotéis. A vista de lá do topo já é bem bonita, mas você só consegue ter acesso ao local onde fica a neve de fato (para tocar, se jogar, comer, fazer anjinho, boneco e etc…) se pagar a entrada da estação. Na minha opinião não tem necessidade porque vc vai poder fazer isso depois, mas depende de cada um.

Nós ficamos lá por mais ou menos duas horas e foi mais do que suficiente pra tirar fotos, apreciar a vista, ver o pessoal esquiando, fazer um lanchinho e curtir. Acho que mais do que isso seria muito pra quem não vai esquiar.

Esqui Bunda

estações de esqui de Santiago estações de esqui de Santiago

A van parou em um ponto entre o Valle Nevado e Farellones e o guia deu um trenózinho pra cada casal brincar… sério, foi a melhor parte pra mim!! É muito divertidooo!!! No começo da um medinho porque vai muito rápido (acho que é porque a neve tava durinha), mas depois é muito bom. Não deixe de ir! A gnt subiu e desceu aquele morro tantas vezes que chegou a dar até calor hahaah parecia criança! (clique aqui para ver o vídeo que postamos no Facebook) Pior que a gente ficou tão empolgado que até esqueceu de fazer boneco de neve =/

Farellones

estações de esqui de Santiago

Este é o lugar onde faz o tubing

estações de esqui de Santiago

Esta estação é bem menor que o Valle Nevado, mas eu gostei bastante também. Ela funciona mais como um parque de diversões na neve do que um lugar onde os chilenos vão para esquiar, talvez por isso seja mais barata que as outras…

O tour fica parado lá por cerca de 3h e é tempo suficiente para andar de teleférico (só tem que pagar à parte) e almoçar. Pra quem quiser, também tem algumas atividades divertidas, como o tubing (que você desce uma pista de neve dentro de uma boia), caminhada com raquete nos pés e passeio de bike (tudo pago à parte, claro).

#Dica: se for almoçar, siga para o lado contrário da entrada da estação e você vai encontrar um outro restaurante com refeições um pouco mais em conta.

El Colorado

estações de esqui de Santiago estações de esqui de Santiago

Como disse, nosso motorista só foi até lá porque sobrou tempo, então não é sempre que isso acontece. Mas foi uma ótima coincidência, porque pra mim esta é a mais bonita de todas as estações de esqui que passamos neste dia. Só ficamos 15 minutos lá porque a ideia era só conhecer mesmo, mas já foi o suficiente pra perceber que o lugar é muito mais frequentado pelos esquiadores do que por turistas. É bem legal ficar lá observando o pessoal que sabe e até mesmo as criancinhas super fofas arrasando no esqui! hahaha

Isso sem falar que a paisagem pelo caminho é espetacular! El Colorado é bem alta e tem uma visão panorâmica de várias montanhas nevadas ao longo da cordilheira… acho que foi uma das paisagens mais bonitas que já vi na vida, sem exagero. Fiquei encantada!

Como funcionam as estações de esqui de Santiago?

É importante saber como funciona essa questão de entrada nas atrações que existem em cada estação de esqui para não ficar frustrado depois. A maioria das agências vendem um passeio que só inclui o transporte até a estação e uma parada na loja que aluga as roupas. Se você quiser esquiar, brincar na neve, andar de teleférico ou sorrir lá em cima, você paga à parte… E não é nada barato! No site das estações tem o preço detalhado de cada atividade, olha só: Valle Nevado, Farelones e El Colorado. Por isso é bom perguntar direitinho na hora de comprar. Alguns pacotes de agências já incluem a aula de esqui ou snowboard e até mesmo as roupas, mas aí o preço é bem mais alto e o roteiro vai ser totalmente diferente.

No caso do tour panorâmico que nós fizemos, o preço incluía – além do transporte – a pausa para brincar de esqui bunda. Pode parecer detalhe, mas eu achei que esse ponto fez toda a diferença no nosso dia. #FicaDica 😉

Quanto custa o Tour Panorâmico pelas estações de esqui de Santiago?

estações de esqui de Santiago

O preço é  26.000 pesos por pessoa (cerca de R$125) e inclui o transporte saindo do hotel ou de um ponto combinado, visita à duas estações de esqui, esqui bunda e transporte de volta para o hotel. O aluguel das roupas é a parte e custa 8.000 pesos por peça.

Dicas e informações importantes

#Dica1: As estações ficam a 80 km de Santiago e a estrada tem muuuuuitas curvas. Se você costuma passar mal, evite comer muito no café da manhã e vá preparado psicologicamente. Além disso, como é muito alto (o Valle Nevado fica a quase 3.000 m de altitude) pode acontecer de sentir um pouco de tontura e falta de ar… é o chamado mal de altitude. Neste caso é melhor evitar muito esforço (neste post tem as dicas).

#Dica2: A temporada de inverno vai de junho a setembro. Em outras épocas a neve derrete e desce das montanhas, por isso se seu objetivo em Santiago é ver neve, programe-se para fazer a viagem na época certa. Nós fomos em agosto e achamos bom, porque a maior parte dos turistas (principalmente os brasileiros) vão em junho e julho e tudo fica muito mais lotado.

#Dica3: A dica que vale para todas as viagens da sua vida – Se não quiser gastar muito, leve um lanche porque lá as coisas são bem caras.

#Dica4: Economizar é sempre bom, mas às vezes fazemos algumas “economias burras” que acabam saindo mais caras depois… É o caso das roupas próprias para neve que são um pouco caras, mas fazem toda a diferença! Prefira economizar com outras coisas e pague por um pouco de conforto. Você vai ficar o dia todo na neve, então é bom alugar no mínimo as botas, a luva e a jaqueta para não congelar e estragar seu passeio.

Sobre a Lucero Travel

estações de esqui de Santiago

A Lucero Travel é uma empresa com 20 anos de experiência no mercado de turismo de Santiago e várias opções de passeios pela região. Suas vans são novinhas e tem até wifi, o que faz toda a diferença pra quem, como nós, está sempre conectado. Seus guias são chilenos mas, devido ao grande número de turistas brasileiros, falam e entendem muito bem o nosso português. Pra quem quiser entrar e contato e agendar um tour, os contatos são:

Site: http://www.lucerotravelchile.cl/ 
Facebook: https://www.facebook.com/lucerotravelchile 
Instagram: @lucerotravelchile

Telefones: +562 28802574 /+562 27490064
E-mail: reservas@lucerotravelchile.cl
Endereço: Merced #563 oficina C, Santiago, Chile

*Este é um publipost, ou seja, um texto escrito especialmente em parceria com a Lucero travel. Como gostamos de ser transparentes, queremos deixar claro que nós realmente fizemos o passeio e gostamos, e que a opinião expressa neste texto é 100% verdadeira. Pra quem quiser saber mais sobre este tipo de parceria, é só dar uma olhada neste link.

Comentários