Acidente com avião mata sete pessoas na República Democrática do Congo

188

Sete pessoas morreram em um acidente de avião Antonov 26, antes de aterrissar no aeroporto de Kinshasa, na República Democrática do Congo (RDCongo), anunciou nesta sexta-feira (21) a Comissão Nacional Eleitoral Independente (CENI). Segundo Jean-Baptiste Itipo, porta-voz da CENI, o Antonov 26, da empresa local Gomair, foi alugado pela CENI para enviar material eleitoral para a cidade Tshikapa, na província de Kasai, centro da RDCongo.

“Eles já tinham depositado todo o carregamento em Tshikapa, então não houve perda de material para a CENI”, explicou Itipo.

O presidente da CENI, Corneille Nangaa, indicou na quinta-feira, em coletiva de imprensa, que, devido a um incêndio que destruiu cerca de oito mil urnas eletrônicas e material eleitoral, em Kinshasa, não será possível realizar as eleições na data prevista (23 de dezembro).

No mesmo dia, foi anunciado pela CENI o adiamento das eleições gerais para 30 de dezembro.

Inicialmente previstas para 2016, as eleições de domingo foram já adiadas duas vezes, e, além de presidenciais, irão ainda permitir a escolha de representantes parlamentares a nível nacional e provincial.

Estas eleições marcam a saída do poder de Joseph Kabila, presidente desde 2001, que não pode voltar a concorrer por já ter cumprido dois mandatos, como prevê a Constituição. Com informações da Lusa.

Comentários