Monge vai meditar na floresta e acaba morto por leopardo

120

O monge Rahul Walke decidiu meditar no meio de uma floresta, no Estado de Maharashtra , na Índia, e acabou morto ao ser atacado por um leopardo.

O local abriga uma reserva natural dedicada à proteção de tigres mas, além desses animais, é habitat de leopardos, ursos, hienas e texugos.

O templo budista ao qual o monge pertence fica na floresta, mas ele teria se afastado mais do que o normal, segundo conta a BBC. “É importante que as pessoas não se desloquem para o interior da floresta”, disse um homem identificado apenas como Marathi, que faz a segurança da região.

O ataque foi avistado por outro monge, no momento em que ele levava comida para Walke. O colega chegou a voltar para pedir ajudar, mas não conseguiu evitar a morte.

Notícias ao Minuto

Comentários