Porque cremos, falamos – Por Pr. Olavo Feijó

24

2 Coríntios 4:13 – E temos, portanto, o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos.

Não somos responsáveis, quando não revelamos aquilo de que não temos conhecimento. Entretanto, quando somos conhecedores de uma verdade significativa e, por uma questão de comodismo, medo ou covardia, não a compartilhamos, poderemos ser julgados como réus de obstrução da justiça.

Pode ser dentro deste contexto que Paulo nos revelou o conteúdo da II Carta aos Coríntios: “Tendo o mesmo espírito da fé, conforme está escrito: cri, por isso, falei. Também nós cremos: por isso, também falamos” (II Coríntios 4:13).

Que nos sirva de alerta a atitude dos judeus acometidos por lepra, que descobriram a fuga do exército sírio, que estava cercando Samaria (II Reis 7:3-10). Cautelosamente, aos poucos, descobriram as tendas abandonadas pelos inimigos, cheias de tesouros e comida. Após fartarem-se dos manjares e se encherem de joias e vestimentas caras, caíram em si e resolveram contar as excelentes notícias para seus compatriotas. Nossa situação é a mesma. Estamos cheios dos tesouros espirituais que Deus nos deu. Porque cremos que tudo nos foi dado por Deus, nossa responsabilidade é compartilhar com os que ainda não foram abençoados, falando-lhes dos tesouros do Senhor.

Pastor Olavo Feijó, nascido em 1930, é Bacharel em Teologia pelo Seminário do Sul, licenciado em Pedagogia pela UERJ, Mestre em Educação Cristã e Doutor em Educação, pelo Southwestern Seminary, Estados Unidos, e Pós-Doutor em Psicologia Desportiva, pela Universidade de Maryland, Estados Unidos. Professor Titular de psicologia, especialista em Percepção e Motivação. Foi pastor no Brasil e nos Estados Unidos. Consultor de relacionamentos humanos. Autor e co-autor de vários livros. Foi professor no Seminário Batista do Sul do Brasil e em universidades no Brasil, Estados Unidos, Paraguai e Chile. Casado com a psicoterapeuta Dra. Cristina Feijó.

Comentários