Publicada em 10/07/2018 às 12:33

Uma salvação para todos

Porque a graça salvadora de Deus se há manifestado a todos os homens.(Tito 2:11)

Porque a graça salvadora de Deus se há manifestado a todos os homens.(Tito 2:11)

 

Quando J. P. Morgan, banqueiro que controlava uma imensa fortuna morreu, descobriu-se em seu testamento um artigo relacionado com “um assunto” que ele considerava muito importante. O mesmo dizia: “Ponho a minha alma nas mãos do meu Salvador, tendo a plena segurança de que, tendo-me salvado e lavado dos meus pecados com Seu precioso sangue, me apresentará sem manchas diante do trono do Pai. Rogo encarecidamente a meus filhos que mantenham e defendam, em todas as ocasiões a doutrina da completa expiação dos pecados pelo sangue do Senhor Jesus Cristo, que se ofereceu de uma vez para sempre”.

 

No que diz respeito à salvação de sua alma, esse homem muito rico, dependia tanto da graça de Deus como um pobre mendigo ou como o ladrão na cruz (Lucas 23:43). Essa salvação é oferecida a todos os homens sem nenhuma distinção social, étnica ou de outro tipo. Se às vezes podemos constatar falhas na justiça humana, o mesmo não acontece com a justiça divina.

 

A Palavra de Deus declara: “Deus não faz acepção de pessoas” (Atos 10:34) e “porque não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3:22-23). Mas se a Bíblia condena a todos os humanos, também apresenta os recursos divinos colocados à disposição de cada um. Jesus se revela a nós como Salvador, porque Sua morte na cruz satisfez, completamente, ao Deus Santo. Desse modo, Deus pode perdoar as pessoas culpadas como você e eu. Ninguém é demasiadamente mau para receber a salvação de Deus por meio do Senhor Jesus Cristo, desde que se arrependa sinceramente.

Autor: chamada.com.br
Fonte: chamada.com.br

Comente com o Facebook